Atendimento Domiciliar

O Atendimento Domiciliar busca o melhoramento de vida através dos benefícios proporcionados ao paciente como: maior comodidade, melhor afinidade e contato com o Fisioterapeuta observando as reais dificuldades e as necessidades do paciente em suas atividades da vida diária e recuperação rápida, pois o tratamento é personalizado.
A Fisioterapia Domiciliar utiliza aparelhos portáteis e modernos de fácil transporte, tornando o tratamento em casa semelhante ao de uma clínica fisioterápica com o mesmo custo para o paciente.
Diversas patologias podem ser tratadas em casa desde que o paciente esteja relativamente estável, com objetivos de prevenir incapacidades, reabilitar ou readaptar a capacidade funcional comprometida.
Avaliar o ambiente domiciliar em relação a barreiras arquitetônicas que impedem a mobilidade e a locomoção do doente visando prevenção de acidentes.
Prescrever dispositívos de auxílio à marcha, permitindo ao paciente melhor qualidade de vida de acordo com suas limitações funcionais.

RPG - Reeducação Postural Global

A Reeducação Postural Global, é um método de fisioterapia que trata as desarmonias do corpo humano levando em consideração as necessidades individuais de cada paciente, já que cada organismo reage de maneira diferente às agressões sofridas. É uma técnica revolucionária que considera o sistema muscular, sensitivo e esquelético como um todo e procura tratar, de forma individualizada, os músculos que se diferenciam na estrutura. Criada na França, em 1980, pelo fisioterapeuta francês Philippe Souchard, a RPG é uma técnica realizada, exclusivamente, por fisioterapeutas.
A terapia RPG trata dores nas costas, nas articulações, hérnia de disco, escoliose, tensões musculares e muitos outros problemas com bons resultados, por meio da reeducação do corpo. Exemplo: quando sofremos uma contusão, a primeira reação é fazer com que o corpo tente proteger a lesão para não sentirmos dor. Por isso criamos automaticamente um mecanismo de "compensação" para evitar o problema inicial. É o que acontece quando torcemos o tornozelo. Para não termos dores, enrijecemos a musculatura e transferimos para a outra perna o apoio corporal e mancamos. Com isso, criamos uma série de compensações em todo o corpo.
Para se obter um resultado positivo com a RPG é necessário sessões semanais, com exceções nos casos de maior gravidade. O tratamento é indicado para todas as faixas etárias.

Drenagem Linfática Manual

Nosso corpo, é percorrido por um líquido incolor e transparente que contido nos vasos linfáticos tem a função de filtrar as impurezas do sangue. Quando a circulação linfática diminui ou mesmo se interrompe, o material a ser descartado fica estagnado em algumas zonas do corpo, causando inchaços dolorosos e celulite e os edemas pós operatórios.
A Drenagem Linfática possui funções básicas: além de desintoxicar contribuir para eliminação de líquidos, ativar o sistema imunológico, também atua como analgésico.
Após cirurgias plásticas, alivia hematomas e inchaços. Auxilia no tratamento da celulite, cujo acumulo se deve à falta de movimentos locais, que provoca a estagnação da linfa nas células de gordura, é indicada em linfedemas e patologias angiológicas, movimentando a linfa em direção aos gânglios. As toxinas são liberadas através dos rins.
A Drenagem Linfática Manual nasceu na Europa, precisamente na Alemanha, no ano de 1932. O Método Vodder, Leduc e Foldi são adotados por vários Fisioterapeutas, Dermatologistas, Cirurgiões Vasculares, em geral no tratamento pré e pós operatório e edemas.

Fisioterapia Traumato-Ortopédica

A Fisioterapia Traumato-Ortopedica atua na prevenção e tratamento das doenças dos ossos, músculos, articulações e ligamentos. Trabalha na reabilitação de pós-fraturas, entorses, luxações, traumas ou contusões musculares, amputações, distúrbios mecânicos da coluna vertebral, pós-cirurgias, dentre outras, utilizando recursos objetivando alívio de quadro álgico, eliminação de processo inflamatório, melhora na circulação sangüínea, fortalecimento muscular, recuperação de movimentos, equilíbrio, propriocepção e reeducação postural.
Alguns recursos fisioterápicos utilizados dentro da Traumato-Ortopedia:
Cinesioterapia - Terapia por movimentos. São exercícios que têm como objetivo trabalhar articulações e musculatura.
Eletroterapia - Terapia com aparelhos elétricos. Ultra-som, ondas curtas, TENS, entre outros. São utilizados para facilitar a recuperação dos tecidos lesados.
Termoterapia - Tratamento com aplicação de calor como Infravermelho para relaxamento da musculatura e diminuição de quadro algico.
Crioterapia - emprego de gelo como terapêutica antiinflamatória e analgésica, geralmente em aplicações localizadas para tratamento de contusões, luxações e edema.

Fisioterapia Cardiorespiratória

A respiração é um processo essencial à vida, é a maneira pela qual se efetuam as trocas gasosas entre os pulmões e o meio exterior.
Para que os pulmões permaneçam funcionando corretamente é necessário a integridade das estruturas anatômicas e que as vias aéreas estejam limpas sem obstáculos, como as secreções, que impeçam a passagem do ar.
Existe uma grande variedade de patologias que acometem o sistema cardiorespiratório (DPOC, Asma, Bronquite, etc.) exigindo tratamento clínico específico e reabilitação adequada. Apesar do tratamento fisioterápico ser diferenciado para cada patologia, os objetivos são comuns: Melhorar a ventilação e a oxigenação pulmonar, facilitar a eliminação de secreções, reduzir a dor e maximizar a tolerância ao exercício, diminuir o trabalho da respiratório e cardíaco.
A fisioterapia cardiorespiratória na busca de oferecer melhor qualidade de vida aos pacientes, seja no atendimento ambulatorial ou hospitalar, elaborou diversas técnicas de tratamento
Algumas das técnicas são utilizadas no pré e pós operatório de cirurgias tóraco-abdominais (cirurgia cardíaca, bariátrica, pulmonares...) com o objetivo de preparar bem os pulmões e o coração evitando complicações pós cirúgica.

Fisioterapia Reumatológica

A Fisioterapia reumatológica consiste basicamente no tratamento de patologias crônico-degenerativas, tais como: artrite reumatóide, artrose, osteoporose, osteoartrose entre outras. Diante de um paciente com doença crônico-degenerativa o objetivo da fisioterapia é minimizar dores e incapacidades geradas por tais patologias através da utilização de recursos eletroanalgésicos, da aplicação de técnicas de terapia manual e de atividades que estimulem a movimentação articular buscando assim prevenir a instalação de deformidades, promover um reequilíbrio postural, bem como evitar a progressão de deformidades já instaladas, buscando sempre manter uma boa qualidade de vida.
A atividade física diária (compatível com sua respectiva idade) é extremamente importante, pois melhora o sistema cardiovascular, a sensação de bem-estar e a função mental, além de reduzir a ansiedade, a depressão ou outra forma de estresse psicológico que possa estar presente.
Os exercícios devem ser moderados e de baixo impacto. Obviamente, as atividades físicas devem respeitar a gravidade do envolvimento articular, sendo úteis para a prevenção e o tratamento da osteoartrite.

Fisioterapia Neurológica

A função da Fisioterapia no paciente neurológico, é estar descobrindo com ele novas posições, novas experiências, mostrar pra ele que também é capaz, que ele pode brincar e usufruir de sua vida mesmo com um déficit neurológico leve, moderado ou grave, afinal ele é um ser humano, ele também sente, ele também necessita de viver.
Os objetivos da Fisioterapia são de treinar as habilidades motoras conservadas, ampliando-as, recuperar as habilidades motoras perdidas dentro do limite do paciente, treinar novas formas de adaptação ao ambiente e as suas atividades dentro de sua capacidade e por fim orientá-lo e a família também sobre formas de higiene e adaptações.
E os recursos fisioterapêuticos mais utilizados são a cinesioterapia através dos exercícios, alongamentos, treinos posturais entre outros, brinquedos para estimular os movimentos, escadas e rampas para treino de marcha, bolas suíças para treinar posturas, rotações de tronco, equilíbrio e propriocepção, espelho para trabalhar também a posturas, a estimulação elétrica neuromuscular pra estimular contrações musculares e resposta nervosa, dentre muitos outros recursos.

Fisioterapia Oncológica

A fisioterapia oncológica é um recurso pode ser utilizado em todos os casos oncologicos, principalmente nos câncer de mama, tumores de cabeça e pescoço, além dos relacionados ao sistema músculo-esquelético.
Muitas vezes, a fisioterapia começa no período pré-operatório, possibilitando a diminuição dos fatores que aumentam o risco pós-operatório.
No caso do câncer de mama, o grande problema é a retirada dos gânglios linfáticos existentes na axila. Isso dificulta na movimentação do braço, principalmente nos movimentos de abertura lateral. O tratamento auxilia na recuperação e na prevenção dos distúrbios linfáticos.
A fisioterapia tem uma atuação fundamental dentro da oncologia. A preocupação dela não é focal, mas sistêmica. Ou seja, não se preocupa apenas com o local afetado pelo câncer, mas com a repercussão do problema em todo o organismo da pessoa, além da sua auto-estima e qualidade de vida. A principal meta da fisioterapia oncológica é mostrar ao paciente a necessidade de retomar as atividades diárias e oferecer a ele condições para isso.

Fisioterapia Geriátrica

Com a melhora da qualidade de vida, a população idosa cresce e necessita de cuidados específicos, obedecendo ao seu ritmo próprio. A fisioterapia geriátrica chega para atuar diretamente na população idosa, acima dos 50 anos, exclusivamente na manutenção das atividades diárias, agindo diretamente nas patologias decorrentes da idade, seja tratando ou prevenindo, através de exercícios específicos para cada caso, podendo-se associar com o método de Reeducação Postural Global - RPG.
São desenvolvidos trabalhos de consciência corporal, coordenação motora, equilíbrio, respiração, sempre respeitando os limites de cada um, inclusive em pacientes idoso acamados. Utiliza-se também técnicas de exercícios passivos, ativos e resistidos, exercícios posturais, alongamentos, entre outras técnicas.
Com a atuação também na organização do ambiente que ele vive, com cuidados especiais e orientações domiciliares especificas para cada caso, a fisioterapia geriátrica devolve ao idoso sua funcionalidade e melhora a qualidade de vida, superando as limitações.

ENTRE EM CONTATO

Assunto
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade



http://www.linkws.com